Teleconsulta
-
15/8/2021

5 motivos para investir no Atendimento humanizado em teleconsulta

Com a popularização dos atendimentos à distância, o atendimento humanizado em teleconsulta deixou de ser um diferencial e se tornou uma necessidade.

Investir em serviços empáticos e que respeitem o paciente já era fundamental durante atendimentos presenciais e essa característica se tornou ainda mais importante com o avanço da telemedicina.

No entanto, muitas pessoas ainda podem não entender o que o atendimento humanizado em teleconsulta representa, ou o que ele pode oferecer para a clínica.

Pensando nisso, nós preparamos um guia especial sobre o assunto, com tudo que você precisa saber sobre essa prática para desenvolver atendimentos com maior qualidade, proporcionando a melhor experiência possível para os seus pacientes.


O que é o atendimento humanizado?

O atendimento humanizado é uma prática que pauta o tratamento ao cliente com base na empatia, exclusividade, compreensão e respeito.

Essa forma de atendimento deixa de lado os roteiros mecânicos e passam a compreender o cliente como uma pessoa única, valorizando suas necessidades individuais e levando em conta fatores pessoais da sua vivência.

Dessa forma, ele poderá ter suas demandas satisfeitas de forma plena, além de vivenciar uma experiência mais completa e acolhedora no serviço.

Essa prática existe em diversos setores que atendem a clientes, mas o atendimento humanizado em teleconsulta se tornou ainda mais fundamental nos últimos anos, com o avanço dessa tecnologia.

Assim, tratar o paciente de forma humanizada é oferecer um diálogo atencioso, um diagnóstico que leve em conta sua história e suas necessidades, de modo a proporcionar um serviço mais completo e digno.

Além disso, essa forma de interagir com o cliente deixa de vê-lo como um potencial comprador, passando a valorizar sua individualidade.

Por isso, o atendimento humanizado em teleconsulta se caracteriza por não seguir scripts ou roteiros, mas fazer com que cada serviço seja único para o paciente.


Importância do atendimento humanizado em teleconsulta


Em um primeiro momento, aderir ao atendimento humanizado em teleconsulta é a melhor maneira de popularizar esse serviço e fazer com que os pacientes se sintam confortáveis em utilizá-lo.

A tecnologia ainda pode ser uma barreira para muitas pessoas, mas já é uma alternativa em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Em meio à pandemia de coronavírus, em 2020, o Conselho Federal de Medicina (CFM) autorizou a prática da telemedicina, por meio do Ofício CFM nº 1756/2020.

A novidade alterou as formas de atendimento médico e isso também deixou algumas pessoas mais receosas.

No entanto, com o atendimento humanizado em teleconsulta, é possível atrair mais públicos e ganhar a confiança dos pacientes nessa nova prática.

Além disso, essa prática também potencializa e melhora a experiência do cliente, de forma geral, aumentando as chances dele se tornar fidelizado.

Desse modo, o atendimento humanizado não é apenas uma maneira digna e acolhedora de oferecer serviços, mas também é uma estratégia para empresas, inclusive centros de saúde.

E, claro, aderir a formas mais humanizadas de tratar os pacientes também é uma prática necessária a todos os profissionais, não apenas em teleconsultas, mas em qualquer momento do atendimento.


Benefícios do atendimento humanizado em teleconsulta

Além da importância que o atendimento humanizado em teleconsulta apresenta, também existem outros benefícios para os profissionais e as clínicas que aderem a isso.

Confira 5 dos principais motivos para aderir a essa prática e o que ela pode oferecer:

1. Aproximação com o paciente

Uma das principais vantagens do atendimento humanizado em teleconsulta é, de fato, a aproximação com o paciente.

Essa abordagem permite que ele se sinta mais acolhido e confortável para compartilhar seus problemas, o que facilita no momento do diagnóstico e do laudo médico.

Assim, ter uma aproximação mais delicada é essencial para ganhar a confiança do paciente durante todo o procedimento, tornando o trabalho mais fácil, e sua experiência, mais completa.

2. Horários de atendimento flexíveis

Poucos profissionais podem saber sobre esse benefício, mas o atendimento humanizado em teleconsulta também proporciona horários de atendimento mais flexíveis.

A telemedicina, de forma geral, colabora para esse quesito, uma vez que a tecnologia permite a realização dos atendimentos em qualquer lugar, a qualquer momento.

No entanto, com uma abordagem mais dinâmica e acolhedora, os atendimentos podem ser otimizados, o que leva a ter mais horário e mais flexibilidade nos agendamentos.

O paciente se sentirá confortável e irá colaborar durante todas as etapas, encurtando o tempo necessário para diagnóstico e tratamento, o que torna essa prática ainda mais vantajosa.

3. Segurança de informações

O atendimento humanizado em teleconsulta não preza apenas pelo acolhimento do paciente, mas também pela plena segurança das suas informações.

Além das consultas serem sigilosas, essa abordagem também prioriza o paciente ao máximo, permitindo que seus dados permaneçam seguros sob quaisquer circunstâncias.

Ainda, as teleconsultas também são tecnologias que visam a proteção de informações, e a união dessas práticas garante o cumprimento dessa necessidade.

4. Facilidade de marcação de consultas

Com a flexibilidade de horários, torna-se mais fácil marcar consultas com os pacientes, o que otimiza o serviço da clínica remota e também as rotinas dos profissionais que atendem à distância.

Além disso, os pacientes também recebem toda a atenção necessária nesta etapa, o que proporciona um contato mais fluido desde o primeiro momento.

5. Aumento de chances de ganhar um paciente recorrente

Por fim, um dos grandes benefícios do atendimento humanizado em teleconsulta é a chance de fidelizar o paciente, ou seja, torná-lo recorrente.

Mesmo que se trate de uma situação pontual, o cliente irá se lembrar da maneira como foi tratado, fazendo com que ele retorne para os serviços quando precisar.

Além disso, essa abordagem também potencializa a rede de alcance dos atendimentos. Afinal, o paciente poderá recomendar a clínica para conhecidos e amigos, aumentando as chances de atrair novos clientes.


6 dicas para aplicar o atendimento humanizado em teleconsulta


Depois de conhecer mais sobre o atendimento humanizado em teleconsulta e sua importância, chegou o momento de conferir algumas dicas para aplicar essa prática nas suas teleconsultas. Confira:

1. Foque na experiência do paciente

O primeiro passo é focar toda a atenção na experiência do cliente. Desde o primeiro contato, até o momento do atendimento, diagnóstico e tratamento, o foco deve estar em como o cliente irá se sentir.

Ter isso em mente ajuda a elaborar estratégias mais eficazes para realizar uma aplicação eficiente durante a teleconsulta.

Especialmente quando não existe um contato presencial entre médico e paciente, esse foco deve ser ainda maior, para suprir possíveis faltas que prejudicam a experiência final.

2. Atenda em um ambiente calmo

Para ter um atendimento humanizado em teleconsulta, é fundamental atender em um ambiente calmo e apropriado.

Uma das vantagens da telemedicina é a possibilidade de oferecer serviços de saúde em qualquer lugar.

No entanto, isso não significa que o profissional deve atender o paciente em ambientes barulhentos ou que não sejam propícios para a realização das suas atividades.

Lugares calmos, como consultórios e escritórios, também ajudam a ganhar a confiança do paciente, o que é fundamental para uma experiência mais completa.

3. Tenha uma comunicação acolhedora

Um dos elementos principais de um atendimento humanizado em teleconsulta é a comunicação acolhedora.

Durante procedimentos realizados à distância, a comunicação é o ponto-chave para garantir uma boa experiência, além de possibilitar diagnósticos mais assertivos e tratamentos mais eficientes.

Isso se torna ainda mais importante durante a teleconsulta, pois não existe o fator presencial, onde o médico pode avaliar outros aspectos não-verbais.

Assim, uma comunicação clara, calma, com palavras delicadas e bem colocadas faz toda a diferença para acolher o paciente do jeito certo.

4. Busque saber a opinião da pessoa

O atendimento humanizado em teleconsulta depende de uma relação de mão dupla entre profissional e paciente.

Essa abordagem também considera as opiniões da outra parte, sua história, suas impressões e seus conhecimentos.

Por isso, é importante que o médico busque saber a opinião da pessoa sobre seu atendimento, sobre o tratamento sugerido e outros fatores relevantes.

Dessa forma, será possível alcançar a excelência na abordagem e ter um atendimento completo.

5. Escute o feedback do paciente

Nesse sentido, o feedback do paciente também é um dos fatores mais importantes para o atendimento humanizado em teleconsulta.

Assim como saber a opinião da pessoa durante o atendimento permite uma abordagem melhor, o feedback é uma maneira de saber como ocorreu essa comunicação, o que pode ser melhorado e o que pode ser mantido.

Isso não é indicado apenas para o profissional, mas também para que toda a clínica possa melhorar seus recursos.

6. Se aprofunde na telemedicina

Por fim, uma dica valiosa para ter um atendimento humanizado em teleconsulta é aprofundar seus conhecimentos na telemedicina de maneira geral.

Sem conhecer a tecnologia e o que ela oferece, não é possível aproveitar integralmente todas as suas vantagens e elaborar uma prática verdadeiramente acolhedora.

Por isso, é importante conhecer mais sobre esse segmento e se aprofundar nos recursos que a tecnologia disponibiliza para o paciente, para o profissional e para toda a clínica.

Quando o atendimento humanizado em teleconsulta pode ser aplicado?

O atendimento humanizado em teleconsulta é uma prática que pode - e deve - ser aplicada a todo momento.

Desde as primeiras etapas, é fundamental que o paciente se sinta valorizado e seja acolhido por todos os colaboradores.

Assim, é possível desenvolver essa abordagem a todo momento, para todos os tipos de consultas.

Dessa forma, será possível não apenas trabalhar um atendimento de excelência, como também melhorar a experiência de todos os envolvidos, tornando a prática da telemedicina mais humana e receptiva.